• (11) 2888-8987 / (11) 2863-8666

  • (11) 9.7376-0322 (Watsapp)

  • contato@prismapalestras.com

  • prisma.palestras

Seja Bem-vindo - Domingo, 19 de Maio de 2019

Busca rápida

Palavra chave ou nome

Ou então:
Categorias
NewsLetter
Indique a Empresa

Pedro Martins

Professor e Pesquisador Universitário desde 1985, na área de Gestão Estratégica de Pessoas e Desenvolvimento Organizacional, com atividade acadêmica no Brasil, Portugal e Angola. 
Consultor em Gestão Estratégica de Pessoas e Desenvolvimento Organizacional desde 1980, com experiência profissional em 23 países da Europa, América do Norte e Sul, África e Ásia; 
Doutorando DBA – Doctor of Business Administration e Mestre em Psicologia Social e Organizacional.
Atualmente é Dean & Chairman da EABS – Euro American Business School, Professor da FIA – Fundação Instituto de Administração, e Pesquisador do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa.
É ainda Chairman da PM International Consulting e Membro do Global Board Advisory Council do IMCB – International Management Consultants Board. 
Doutorando DBA - Doctor of Business Administration pelo ISCTE-IUL Business School (2008/--) e Mestre e Graduado em Psicologia Social e Organizacional pelo ISPA – Instituto Superior de Psicologia Aplicada (1980).
Antes foi Diretor do Comitê Cientifico da ABRH-SP Associação Brasileira de Recursos Humanos – SP (2010/12), Diretor de MBA’s e Professor da BBS – Business School (2008/12), Diretor do Institute of Executive Education (2009/10), Diretor e Professor dos Cursos de Consultoria do IBCO (2010/11), Professor da BSP - Business School São Paulo (2009/13), BI International (2009/10), Escola Internacional de Negócios de Angola (2009/10), ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa (1997/00), ISCEM (1986/87), e Universidade Nova de Lisboa (1984/87).
Foi também European Change Management Director e Managing Partner da Mercer em Portugal (1991/98), Managing Director do HayGroup em Portugal (1988/91), Presidente da OCB – Ordem dos Consultores do Brasil (2011/12), Presidente do IPCG – Instituto Português de Consultores de Gestão (2004/08), 1º Vice Presidente do IBCO – Instituto Brasileiro de Consultores de Organização (2004/11) e Membro do Chairmen's Council do ICMCI – International Council of  Management Consulting Institutes (2004/08).
É ainda “Doctoral Consortium Member” da The Academy of Management (USA), “Chartered Fellow” do Chartered Institute of Personnel and Development (UK), “Fellow” e “Master Business Consultant” do International Management Consultants Board (USA), "Certificated Management Consultant" do International Council of Management Consulting Institutes (USA), etc.
Publicou seis livros, um DVD, e mais de 400 artigos e entrevistas, em 63 media da Europa, América do Norte e Sul e África.
Realizou mais de 250 palestras (Beijing, Coimbra, Frankfurt, Funchal, Genève, Istambul, Lisboa, London, Luanda, Madrid, Milano, New York, Paris, Porto Seguro, Porto, São Paulo, Wien, etc.).
Foi reconhecido com o Diploma de Mérito da Academia Brasileira de História, Cultura, Genealogia e Heráldica (2006), e os seus projetos de consultoria foram reconhecidos com o Prêmio Reconhecimento do Grupo Volkswagen (2009), George Petitpas Memorial Award of World Federation of Personnel Management Associations (1998), e President’s Council Honours of General Motors Corporation (1997).
 
As Palestras Prof. Pedro M. Martins:
 
“A Finalidade do Novo RH: Maximizar os Resultados da Empresa por meio da Gestão das Pessoas”
Pelo Prof. Pedro M. Martins
Peter Ducker, pai da gestão contemporânea, sintetizou toda a sua extensa obra, definindo a finalidade da gestão como a geração de valor econômico para a empresa por meio do trabalho, porque toda a atividade da empresa é desenvolvida por pessoas.
Entretanto a gestão do conhecimento e a globalização trouxeram a gestão das pessoas para o centro da gestão estratégica das organizações, porque o capital mais importante das empresas contemporâneas passou a ser o conhecimento, e esse capital estratégico está na “mão” dos empregados. Por outro lado, como a globalização maximizou a competividade entre as empresas, o papel das pessoas nas organizações foi proporcionalmente valorizado.
Isso transformou radicalmente os conceitos e ferramentas de gestão de pessoas, cujo foco não é mais “gerir as pessoas”, mas “gerir o negócio por meio da gestão das pessoas”.
Esta palestra aborda esses novos conceitos e práticas que maximizam os resultados das empresas, tornando-as mais eficientes, eficazes e competitivas, e a extraordinária valorização das funções do novo RH.
 
“O Futuro do Profissional de RH e Competências a Serem Desenvolvidas”                                                   
Pelo Prof. Pedro M. Martins
Posicionamos a Gestão de Pessoas Contemporânea na esfera da gestão global da empresa e dos negócios, a partir da análise da evolução da Gestão de Pessoas através do século XX e XXI. Definimos a finalidade da gestão e os parâmetros da eficácia da Gestão Estratégica de Pessoas. Descrevemos as competências técnicas e comportamentais do novo profissional de RH (“Business Partner”) e a mudança de atitute para sair da esfera do controle para a influencia.
 
“Transformação da GRH: Gestão Pop vs. Gestão Cientifica”
Pelo Prof. Pedro M. Martins
Os conceitos da GRH estão em profunda transformação, mas quanta dessa transformação não é meramente retórica? As práticas e ferramentas de GRH acompanham realmente a transformação dos conceitos? Qual é a fundamentação científica desses novos conceitos? Qual é o modelo estrutural da Gestão Estratégica de Pessoas? Qual é o modelo organizacional do Balanced Scorecard? O que tem de comum o Modelo de Competências da sua empresa com o de David McClelland? Qual o conceito de organização do trabalho subjacente à pontuação de cargos da Hay? Porque o artigo “Why We Hate HR”,de Keith H. Hammonds publicado na FastCompany.com, de Agosto 2005, se tornou numa bandeira da decepção destes novos conceitos de GRH? 
 
“Gestão Estratégica de Pessoas: Teorias, Práticas e Buzzwords”
Pelo Prof. Pedro M. Martins
A Gestão Estratégica de Pessoas é o tema onipresente quando se fala da GRH contemporânea, mas é quase sempre abordado por meio de buzzwords, poucas vezes fundamentadas. 
Por outro lado fala-se muito do conceito da Gestão Estratégica de Pessoas, mas não se dá a devida importância á operacionalização desse conceito, nomeadamente à necessidade de criar e desenvolver novas praticas e ferramentas especificas que permitem a sua implementação eficaz e consistente. 
Esta palestra abordará o conhecimento sobre o tema desde a sua origem em 1992 (Wright e McMahan), à sua operacionalização a partir do conceito da GRH (Becker), como subsistema do sistema global de gestão da empresa, e das práticas subsequentes.
 
“As Grandes Questões da Gestão de Desempenho Contemporânea”
Pelo Prof. Pedro M. Martins
Como os grandes modelos de Gestão de Desempenho das empresas como “Data Envelopment Analysis”, “Performance Measurement Matrix” e “Balance Scorecard” se articulam com os grandes modelos de Gestão de Desempenho das pessoas, nomeadamente os modelos “comportamentalistas”, “capital humano” e “escola de recursos”. Avaliação vs. Gestão de Desempenho. O SGD como núcleo da Gestão Estratégica de Pessoas. A relação sistêmica dos objetivos da empresa e das pessoas, as escalas de avaliação quantitativas e qualitativas, como funciona o 360º em diversas culturas, o monitoramento contínuo do desempenho, e a correção científica da subjetividade e iniquidade das avaliações.
 
 “Competências: de McClelland à Anorexia Corporativa”
Pelo Prof. Pedro M. Martins
 David McClelland morreu horrorizado com a deturpação massiva do seu conceito original de “competência” (1967), que entretanto se tornou numa constante das práticas contemporâneas de GRH. Qual o conceito original? Como o conceito evolui consistentemente até Spencer (1993) e Ulrich (2005)? Quais são as práticas deturpadas mais comuns, nomeadamente a da procura insana do “executive top model “ que tem levado muitas empresas à “anoxia corporativa”. Quais são as boas práticas de identificação do modelo de competências, e a sua aplicação na seleção, desenvolvimento e gestão do desempenho. O conceito de competência como conceito fundamental da descriminação positiva, e nuclear da Gestão Estratégica de Pessoas.
 
“Consultoria de Gestão: a profissão e o mercado no século XXI”
Pelo Prof. Pedro M. Martins
Consultoria profissional vs. consultoria casual; origem e história da consultoria contemporânea; mercados da consultoria; a consultoria vs. conhecimento cientifico; caraterísticas dos diversos tipos de consultores e consultorias; competências e conduta dos consultores; mercado de trabalho, carreira e remuneração dos consultores; identificação de necessidades, processos, e avaliação de resultados da consultoria (compromisso por resultados, metodologia de intervenção, equipa, ferramentas, plano de trabalho); pricing e formas de remuneração dos serviços de consultoria; como a consultoria de gestão se articula com a estrutura de gestão das empresas; quais são os problemas mais frequentes dos consultores, e como evita-los ou supera-los? 
 
 

Imprimir

Solicitar Proposta

Site melhor visualizado no Google Chrome
Design by Elaboração e Criação de Sites

Escritório São Paulo
Rua Vieira de Morais, 80 - 15º Andar - Campo Belo - São Paulo - SP
(11) 2888-8987
(11) 2863-8666
Urgência: (11) 9.7376-0322

Escritório EUA
81 Garden St - 3rd floor
Ironbound - Newark - NJ
(347) 982-5070